segunda-feira, 17 de março de 2008

"... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

Miguel Sousa Tavares

11 comentários:

Maria disse...

Curiosamente quando li este texto também o anotei, para ler e reler e partilhar...

É do "Não te deixarei morrer David Crockett", não é?
Tem textos magnificos!
Até é dificil imaginar aquele homem com a sensibilidade que a escrita dele emana nesse livro... porque estou mais habituada a ver o lado duro, critico...

ah! outra coisa: tu andas a semear blogs que é uma coisa! não sei mesmo se já tinha visitado este.

Vou voltar muitas vezes :)

beijinho enooooooooooooorme!

Ana disse...

He, he. A semear blogs. Já tinha este desde as minhas épocas de Lisboa.
Acho que já o tinhas visto, sim. Ou pelo menos falámos dele. É especial também, já viste o título? ;)

É verdade o que dizes, mana linda. Mas também é surpreendentemente bom lê-lo assim:)

Beijos enormesss! Adoro-te!

(Un)Hapiness disse...

a maior certeza da vida né?;)

ZezinhoMota disse...

Ana!

FELIZ PÁSCOA!

Junto de teus familiares e amigos.

Bjnhs

ZezinhoMota

Å®t Øf £övë disse...

Ana,
Tudo isso representa momentos vividos, e vivências, logo não são uma ilusão, mas sim lembranças nossas, e para sempre. Nada se perde, porque tudo continua a viver dentro de nós.
Bjs.

Oliver Pickwick disse...

Esta reflexão é mais verdadeira do que o fato de que dois mais dois são quatro. Além de escrita com uma inteligência invulgar. Aprecio as suas escolhas.
Beijos!

Lurdes disse...

Tão verdadeiro, não é?! Gosto particularmente desta citação.

Beijinhos

Ana disse...

Adoro a forma como o Miguel Sousa Tavares... Apesar de não estar comletamente de acordo com o que diz!

Ana disse...

Só vi agora a tua pergunta... Eu selecciono a palavra e depois vou ao icone na barra de formatação do texto que tem o "mundo" e uma conrrente!

Mateso disse...

Nunca estamos sós ou perdidos. A vida é um cordel de pião em lançamento.
Beijo

bono_poetry disse...

se me alimentassem a esperanca e descobrisse que estavam ca tds...
talvez conseguisse ser leviano na dor..pois quem fica tem mt para viver e deixar florir...quem vai nao volta...so nas saudades e nao me digam que e bom...sei definir barreiras entre as compensacoes...nao me faco de feliz por viajarem para tao longe....nao concordo nada...mas e uma visao bonitinha!!!se me permites!