terça-feira, 10 de março de 2009

4eVer


Nada me pediste e eu dei-te tanto mais do que algum dia julgara ter para te dar. Fomos fiéis um ao outro na penumbra dos dias que nos foram aproximando. Vivemos momentos de felicidade absoluta quase sem tropeçarmos nas nossas risadas. Um dia disseste-me que querias que não acabasse e eu não te soube o que responder além da certeza tão certa de que tudo, um dia terá um fim.


Abracei-te emocionada de coração nas mãos e um sorriso embrulhado para ti, acariciaste-me o rosto e beijaste-me a fronte. Eu peguei-te no beijo, levei-te pela mão até aquele oásis onde ainda vendem sonhos. Contemplámos um dos pores-do-sol mais bonitos que recordo na minha memória. E, depois de várias horas, sentada ao teu lado olhei-te e disse-te:
– Não te preocupes. Durará para sempre.

Perguntaste-me como podia ter tanta certeza, ao que eu respondi:
– Só importa durar até que não queiramos que se acabe. E é aí que esse momento significará o nosso para sempre, pois será o tempo exacto que queremos para isto perdurar.
Pic by boczee

7 comentários:

Fada disse...

Lindíssimo!!!
Até me arrepiei!!!

Lindíssimo!!!

Beijitos

Å®t Øf £övë disse...

Nogs,
Tens toda a razão, porque há momentos que de tão especiais ficam guardados para sempre na nossa memória.
Bjo.

inv3rs0 disse...

...até o para SEmpre...tem um SE

:)

PavlovDoorman disse...

"pois será o tempo exacto que queremos para isto perdurar."

Um belo final. Muito muito bonito

Parabéns

Salto-Alto disse...

Que liiiindo!!!!!!!

Mαğΐα disse...

Este post despertou-me um sentimento muito bonito cá dentro...
A felicidade encontra-se quando sentimos que o que sentimos para sempre...

Beijo

Lurdes disse...

Lindo, lindo, lindo!
Há quem saiba tão bem colocar em palavras os sentimentos...

Beijinhos